Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

Artigo do JTM sobre Iana, a mais jovem presidente de uma Casa de Macau

Iana Assumpção no Jornal Tribuna de Macau (1)

Iana Assumpção no Jornal Tribuna de Macau (2)

Jornal Tribuna de Macau – http://www.jtm.com.mo

O Jornal Tribuna de Macau também foi entrevistar a Iana Assumpção, pelo seu feito histórico em tornar-se a primeira mais jovem presidente de uma Casa de Macau, e soma-se a isso, a mais jovem membro do Conselho das Comunidades Macaenses, como lembrou a sua mãe Silvana no Facebook.

Chamou atenção o seu depoimento que, por ser jovem, não abriria mão da cultura macaense e das festas tradicionais. Quer ela que os associados sintam-se em Macau, quando lá estiverem reunidos.  Digo isso, pois vejo que mesmo com os seus 21 anos, ainda com muito chão pela frente, já tem uma visão consciente do que é a preocupação dos mais velhos, a de que os jovens não se preocupariam com a cultura e tradições macaenses, ainda mais aqueles que nasceram nos países de acolhimento de seus pais e avós. Mas a Iana tem na sua mente este senso de preservação, aliado a iniciativas para atrair o interesse dos jovens pela sua associação macaense.

Diz a jovem presidente da Casa de Macau do Rio de Janeiro que “não será uma tarefa fácil”, o que concordo. Pode ter certeza, Iana, que vai ter gente torcendo contra para que não dê certo a sua administração, assim podendo justificar que os jovens não são viáveis.  Não diria só do Rio, mas também além das fronteiras do Estado ou do País.

O processo de continuidade da Casa de Macau e da sua renovação, que ela se refere na sua entrevista, por bem, o Rio tem nos seus estatutos regras que permitem candidatos na sua qualificação, ou seja, aqueles não nascidos em Macau mas de ascendência macaense. E com isso, a Casa do Rio sai na frente da sua congênere paulistana como a primeira a ter uma mulher como presidente e a mais jovem de todas as Casas, além de um estatuto mais flexível que permitiu isso acontecer. Por mais que desgoste o orgulho paulistano, um apelo, vamos repensar e ser mais flexíveis pensando no futuro da Casa, na possibilidade de renovação de todos os quadros e acreditar que possa haver jovens e outras pessoas confiáveis e capazes de gerir a associação em todos os níveis.  Julgo que só temos a ganhar com isso.  A comunidade macaense em geral, os jovens e os não tão jovens certamente agradeceriam o bom senso. O futuro da Casa agradeceria!

Por esses e outros motivos, a Iana tem nos seus ombros uma enorme responsabilidade pela sua valiosa eleição, pois pode ser o espelho de viabilidade da Nova Geração no comando de uma Casa de Macau.  Na entrevista, ela mostrou consciência disso e do que tem que ser feito, o que já representa um grande passo. Por aqui, a 500 quilômetros do Rio, vou ficar na torcida pelo sucesso da sua administração, o que julgo que será também dos jovens além das fronteiras da sede dos próximos Jogos Olímpicos, aliás tal como a Copa do Mundo, o Brasil pode passar por vexame mundial com o atraso das obras nos estádios, aeroportos, centro olímpico, etc. etc. É o tal mal de deixar tudo para a última hora e tentar resolver as coisas no desespero.

Mais uma vez, boa sorte Iana e equipe, meus parabéns! Os votos de uma boa e consciente administração. Preze não só a Macau de hoje, mas também aquela Macau do passado que você, talvez ouviu falar, na sua infância com 6 anos quando ocorreu a transição. Muitos dos seus associados ainda são dos tempos antigos, e tal como eu, prezamos e temos saudades dos tempos da Macau portuguesa.

* veja postagem deste blog sobre a eleição da Iana neste link: https://cronicasmacaenses.com/2014/03/31/iana-faz-historia-a-mais-jovem-presidente-de-uma-casa-de-macau/ 

Anúncios

Um comentário em “Artigo do JTM sobre Iana, a mais jovem presidente de uma Casa de Macau

  1. Jorge E. Robarts
    15/04/2014

    Quando a Iana foi eleita Presidente da CM do Rio, penso que fui um dos primeiros a cumprimentá-la pelo espírito de sacrifício, pq. para assumir semelhante cargo é mesmo necessário ter amor à terra. Disse isto no meu FB já que por experiência pessoal, sei das dificuldades de gerir as CM da diáspora e do trabalho que dá. Há sempre aqueles que gostam permanentemente de criticar, mas qdo. são convidados a participarem na gestão, tem sempre na ponta da língua uma “desculpa de mau pagador”…é um vício nato… Ainda há dias no “chá gordo” da CM de Lxa. não cansei em elogiar os membros da direção da Casa pelo seu espírito de sacrifício e boa vontade e, quase todas senhoras maiores de 50 anos de idade. (algumas das quais “ngaus” já que os naturais de Macau se recusaram)…é uma realidade triste mas fatual!!! Os meus sinceros desejos são que a Iana tenha uma gestão de sucesso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 09/04/2014 por em Iana Assumpção e marcado , .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 717,330 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Passaram-se 11 anos, não parece muito, mas vários conterrâneos e amigos nas fotos que publico da festa do 17º aniversário da Casa de Macau de São Paulo em 2006, promovida em 29 de julho, não estão mais conosco. Ficaram os bons momentos registrados da boa confraternização. Vale um momento de reflexão para sempre procurarmos um […]

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

%d blogueiros gostam disto: