Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

Cerro San Cristóbal e o Santuário Imaculada Conceição, em Santiago do Chile

Chile Santiago Cerro Cristobal (28)

Santiago, Chile. Vista da cidade do Cerro Cristóbal na base da estátua de Nossa Senhora de Imaculada de Conceição

Cerro San Cristóbal ou Morro de São Cristóvão de Lycia, padroeiro dos viajantes, foi o nome dado ao local pelo conquistador espanhol Pedro de Valdívia que fundou a cidade de Santiago do Chile em 1541. A capital do País é basicamente plana possuindo alguns morros que podem ser resquícios das Cordilheiras dos Andes, e este é o maior da cidade que fica localizado no bairro boêmio Bellavista (vide postagem).

Chile Santiago Cerro Cristobal (02)

Funicular

Com 880 metros de altura, o melhor meio para alcançar o seu topo é por meio do ascensor funicular construído em 1925, embora também  seja possível por carro ou bicicleta.  O funicular, cuja viagem dura cerca de 10 minutos, tem ponto de parada intermediária para quem deseja visitar o zoológico.

Vista de Santiago do Chile com a Cordilheira dos Andes ao fundo com o cume coberto por neve

Vista de Santiago do Chile com a Cordilheira dos Andes ao fundo com o cume coberto por neve

No topo do morro você tem uma vista panorâmica de quase toda a cidade de Santiago e das Cordilheiras dos Andes.  Na época em que viajamos para lá, era primavera, podia-se ver os cumes parcialmente cobertos de neve (veja fotos), e imagine só quão belo seria no inverno. Há também algumas lojas de souvenirs e estabelecimentos de alimentação onde você pode saborear as famosas empanadas chilenas.  Agora se tiver tempo, pode ir no fim de tarde para ver o pôr-do-sol e Santiago toda iluminada à noite.

Estátua de Nossa Senhora de Imaculada Conceição

Estátua de Nossa Senhora de Imaculada Conceição

Santuario Inmaculada Concepción (Santuário de Nossa Senhora de Imaculada Conceição)

Outro bom e importante motivo para visitar o Cerro San Cristóbal é o Santuario Inmaculada Concepción, que constitui de uma imagem de Nossa Senhora de Imaculada Conceição e uma capela construída em 1931.

Inaugurados em 1908, o Santuário e a estátua que possui 14 metros de altura, está assentada sobre um pedestal de 8,3 m tendo dentro dele uma capela onde Papa Paulo II em 1987, na sua única visita ao Chile, rezou uma missa e abençoou a cidade de Santiago. A estátua de ferro fundido pesa 36.610 kgs e foi construída em Paris.

Chile Santiago Cerro Cristobal (17)

Capela dedicada ao Hospital Maternidade Maria Virgem

Próximo, há uma bonita capela dedicada ao Hospital Maternidade Maria Virgem decorada com afrescos e esculturas do artista alemão Peter Hörn.

 Fotografia de/photos by Rogério P.D. Luz 

clicar nas fotos menores para ampliar – passe o mouse sobre a foto menor em caso de eventual legenda

Acesso ao funicular

Estação do funicular

Chile Santiago Cerro Cristobal (03)

Santiago

Santiago

Chile Santiago Cerro Cristobal (10)

Uma boa escadaria para chegar à estátua da Virgem

Uma boa escadaria para chegar à estátua da Virgem

Na base da estátua tem uma capela onde o Papa rezou uma missa e abençoou Santiago

Na base da estátua tem uma capela onde o Papa Paulo II rezou uma missa e abençoou Santiago

Vista da Cordilheira de Andes sob a bandeira do Vaticano

Vista da Cordilheira de Andes sob a bandeira do Vaticano permanentemente hasteada pela visita papal

Chile Santiago Cerro Cristobal (24)

Capela dedicada ao Hospital Maternidade Maria Virgem decorada com afrescos e esculturas do artista alemão Peter Hörn

Chile Santiago Cerro Cristobal (13)

Chile Santiago Cerro Cristobal (14)

Chile Santiago Cerro Cristobal (21)

Chile Santiago Cerro Cristobal (22)

Chile Santiago Cerro Cristobal (23)

 

* Veja na coluna à direita em Categorias as postagens sobre o Chile

Anúncios

2 comentários em “Cerro San Cristóbal e o Santuário Imaculada Conceição, em Santiago do Chile

  1. Nialva Rangel Cordeiro Rocha
    04/08/2016

    Revendo as imagem deste local deste país e tivesse oportunidade de voltar aí novamente, prometeria que não iria dormir para nao ficar um segundo sem apreciar tudo que vissem ao meu redor, paixão, paixão fiquei muitcho apaixonada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 893.568 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de Macau de Todos os Tempos (02)

Imagens que trazem saudosas lembranças daquela Macau que não existe mais, mas que permanece viva na nossa memória e nas fotografias a seguir publicadas de forma aleatória, a procurar dar uma descrição a confirmar ou corrigir. O que vale mesmo é o que se diz – recordar é viver! As fotos são dos anos 50 […]

Memórias de Macau de Todos os Tempos (01)

Nesta postagem do que poderia chamar de uma série “Memórias de Macau de Todos os Tempos”, remetendo-me a um vídeo que publiquei no YouTube (vide no final), publico umas fotos antigas recolhidas ao acaso do meu extenso acervo, ora já publicadas no site (inativo) do Projecto Memória Macaense, ou não, e também já republicadas por […]

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

Para celebrar o Ano Novo chinês de 2018, dando início ao Ano do Cão, a Casa de Macau de São Paulo reuniu a comunidade macaense e amigos para um almoço especial, recheado de boa comida chinesa de dar água na boca. Era a oportunidade para comer, infelizmente, uma vez ao ano, o chái, ou comida de […]

%d blogueiros gostam disto: