Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

Macau comemora o Centenário das Aparições de Fátima no dia 13 de Maio de 2017

Foto M.V. Basílio

Uma tradição preservada em Macau, mesmo após a transição da soberania de Portugal para a China em 1999, o dia 13 de Maio, data dedicada a Nossa Senhora de Fátima, neste ano de 2017, foi muito comemorada pela população católica local e das cidades chinesas vizinhas. Comemorava-se os 100 Anos das Aparições de Fátima.

Com uma população de cerca de 645 mil habitantes, estima-se que 30 mil são católicos entre portugueses, macaenses, chineses, filipinos e outras nacionalidades. Apesar da igreja católica na China ser controlada pelo governo e não poder obedecer o Papa, pelo acordo de transição, o catolicismo no território está livre para seguir a orientação do Vaticano.

A procissão, como Macau sabe bem organizar, seguida por milhares de fiéis pelas ruas da cidade, levou mais de uma hora para ser cumprida, com boa parte dela a subir, até chegar ao topo da colina onde está situada a Ermida da Penha.

O amigo Manuel V. Basílio faz um relato das celebrações com fotografias de sua autoria, e para complementar esta postagem, publicamos três vídeos recolhidos do You Tube, onde algumas imagens foram capturadas:

CELEBRAÇÕES EM MACAU DO CENTENÁRIO DAS APARIÇÕES EM FÁTIMA

texto de Manuel V. Basílio, de Macau, e legendas das fotos de sua autoria

Celebrando, este ano, o Centenário das Aparições em Fátima, por decisão do Bispo da Diocese, as comemorações de 13 de Maio tiveram lugar na Sé Catedral, em vez de na Igreja de S. Domingos, onde tradicionalmente se realizam desde 1929.

Ontem à tarde, a Sé Catedral foi demasiado pequena para acolher tantos fiéis. Muito antes do início da Eucaristia Solene, os guardas de segurança começaram a barrar a entrada de mais fiéis, de forma que tiveram de assistir a missa no Largo da Sé através de dois ecrãs colocados junto aos portões laterais da Sé.

Pelas 17H45, depois de o Bispo da Diocese, clérigos e coadjuvantes se dirigirem ao altar-mor, o primeiro acto praticado pelo Bispo foi a colocação de uma coroa sobre a cabeça da imagem de Nossa Senhora de Fátima, que se encontra no lado direito do altar-mor da Sé. A igreja estava repleta de fiés, e os que estavam em pé, nem espaço havia para uma ligeira movimentação. Durante a homilia, o Bispo aproveitou o ensejo para agradecer aos fiéis que vieram de outras partes, sobretudo de Hong Kong e da RPC.

Coroa de Nossa Senhora de Fátima. Foto M.V. Basílio

“… o primeiro acto praticado pelo Bispo foi a colocação de uma coroa sobre a cabeça da imagem de Nossa Senhora de Fátima”. Foto M.V. Basílio

Pela manhã do dia 13, o céu estava encoberto, com algum chuvisco. No início da tarde, o tempo piorou, pois a intensidade a chuva aumentou, parecendo que iria afectar a programada procissão. Graças à divina providência, ao fim da tarde, depois de cessar a chuva, o céu começou a abrir, o que contribuiu para uma maior afluência de pessoas, crentes e visitantes, no Largo da Sé. A procissão foi a mais concorrida de sempre, por ser o ano das comemorações dos 100 anos das Aparições em Fátima, tendo visto passar, em primeiro lugar, muitos alunos de diversas escolas católicas, com as respectivas bandeiras. Os que acompanharam a procissão até à Ermida da Penha foram entoando, durante o percurso, cânticos marianos e recitando o terço e, muitos deles, levando velas acesas, numa verdadeira manifestação de fé.

A procissão saiu já perto das 19H30, descendo pela Calçada de S. João, percorrendo em seguida pela Avenida da Praia Grande, Avenida da República, e subindo depois pela Calçada da Praia, Estrada de Sta. Sancha, Estrada de Dom João Paulino, indo terminar na Ermida da Penha.

Imagem de Nossa Senhora de Fátima, exposta no altar de Cristo Rei, na Sé Catedral, na manhã do dia 13 de Maio. Foto M.V. Basílio

(clicar nas fotos para ampliar e/ou passe o mouse/rato nelas para ler as legendas)

Sé Catedral. Foto M.V. Basílio

Foto M.V. Basílio

Bispo da Diocese, D. Stephen Lee Bun-sang. Foto M.V. Basílio

Um dos ecrãs, no lado direito do portão lateral da Sé. Foto M.V. Basílio

Foto M.V. Basílio

Foto M.V. Basílio

Foto M.V. Basílio

Foto M.V. Basílio

Foto M.V. Basílio

Foto M.V. Basílio

Foto M.V. Basílio

Lembranças oferecidas a fiéis. Foto M.V. Basílio

VÍDEOS PUBLICADOS NO YOU TUBE

Publicado no canal da Macau News:

Publicado no canal do Jornal Tribuna de Macau

Publicado no canal de Angus:

A devoção por Nossa Senhora de Fátima. Foto Jornal Tribuna de Macau

IMAGENS CAPTURADAS DOS VÍDEOS

Na comunhão dada na área externa da Catedral, a placa explica que é somente para católicos, visto que curiosos de outras crenças ali não entendem o que é o sacramento. Imagem do vídeo da Macau News

A procissão pelas ruas de Macau até a colina onde está localizada a Ermida da Penha 

A procissão em Macau é bem organizada, com alas e vestes apropriados, estandartes, mulheres com véus e vestidas de branco, incensos, velas acesas, etc. Uma tradição por anos!

Imagem do vídeo do Angus

Uniformizadas, de branco e com véus, as “Filhas de Maria”. Imagem do vídeo da Macau News

Imagem do vídeo da Macau News

Ao longo da procissão, meninas jogam pétalas de rosas pelo trajeto. Imagem do vídeo da Macau News

Pelos luminosos em chinês, Nossa Senhora de Fátima percorre pelas ruas da Macau, hoje chinesa. Imagem do vídeo da Macau News

Incenso ao longo da procissão. Imagem do vídeo da Macau News

A Imagem Peregrina passa pelo Palácio do Governo que até 1999 ostentava o escudo português no topo do edifício. Imagem do vídeo da Macau News

Velas acesas na procissão que durou mais de uma hora. Imagem do vídeo da Macau News

A procissão chega ao seu destino final, subindo a rampa que conduz à Ermida da Penha. Imagem do vídeo da Macau News

Imagem do vídeo da Macau News

A Imagem ingressa na Ermida. Imagem do vídeo da Macau News

Ermida da Penha. Imagem do vídeo da Macau News

Imagem do vídeo da Macau News

Anúncios

Um comentário em “Macau comemora o Centenário das Aparições de Fátima no dia 13 de Maio de 2017

  1. Pingback: 2017 o ano de Nossa Senhora: 300 anos de Aparecida e 100 anos de Fátima | Cronicas Macaenses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 682,530 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Viajar ao passado de Macau, dos belos tempos dos anos 60 e 70, é o que nos proporciona o vídeo “Macau 70”, produzido pela RTP Rádio e Televisão Portuguesa. A comemorar 70 anos, a RTP disponibilizou no seu website os arquivos para consulta ‘on-line‘ e Macau está presente numa das suas seções. Na apresentação do […]

%d blogueiros gostam disto: