Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

Matriz de Santo Antônio em Tiradentes, 2ª Igreja em ouro do Brasil

Tiradentes MG 37

(Fotografia de/photos by Rogério P.D. Luz, salvo a com atribuição especificada)

Majestosa, no alto do morro, dominando a paisagem de Tiradentes, cidade histórica preservada de Minas Gerais, a Igreja Matriz de Santo Antônio do século XVIII é considerada a segunda igreja em ouro do Brasil, sendo a primeira em Salvador, Bahia. A fachada originária de um risco encomendado ao Aleijadinho, foi modificada em 1810.

Uma das mais belas igrejas barrocas do país, tem no seu interior um órgão datado de 1788, trazida pelos portugueses e que é classificado como um dos quinze mais importantes do mundo.

No nosso tour saindo de Ouro Preto, Tiradentes foi o último destino após visitarmos Congonhas e São João Del Rey. O carro parou no centro e após almoçarmos, subimos a extensa ladeira que leva à igreja lá no topo do morro mas o trajeto era recheado de lindos casarios com pintura nova e bem conservados externamente. Foi uma alegria para os cliques da máquina fotográfica.

Tiradentes MG 27

Havia um aviso antes da entrada que não era permitido fotografar o seu interior, e havia a vigilância de um guarda. Uma pena que a proibição seguia o exemplo das igrejas das cidades históricas, como Ouro Preto, talvez com receio pela segurança e preservação das valiosas imagens sacras, obras de arte e do ouro. Tanto que as imagens do interior da igreja foram recolhidas da internet, no Google. Caso contrário já teria feita inúmeras fotos da sua riqueza e poder assim lembrar da fascinante visita

No adro da igreja, em 1785, foi colocado um relógio de sol em pedra-sabão resultante de um delicado trabalho de artesãos locais.

Relógio em pedra-sabão de 1785

Relógio de sol em pedra-sabão de 1785

 

Vista de Tiradentes do adro da igreja

Vista de Tiradentes do adro da igreja

Conheça um pouco mais a história da Igreja Matriz de Santo Antônio de Tiradentes, através do texto extraído do site – http://www.catolicismoromano.com.br/content/view/614/27/:

Tiradentes MG 02

(do site Catolicismo Romano) A Matriz de Santo Antônio de Tiradentes teve a sua construção iniciada em 1710, no lugar  de uma pequena capela bandeirante, que foi a primeira Matriz da Comarca do Rio das Mortes. Em 1732 a Irmandade do Santíssimo Sacramento, em petição à Coroa Portuguesa, diz estar a igreja construída, faltando o forro e o assoalho. Na verdade, em 1733, o entalhador João Ferreira Sampaio trabalhava no altar-mor e em 1736/37 na obra de talha dos muros da capela-mor e arco-cruzeiro. Parece que em 1752 a igreja já estava concluída internamente, pois o pintor Antônio de Caldas, recebia, neste ano, 7.200 réis pelo douramento da igreja.

Tiradentes MG 84

A igreja foi construída sobre uma colina e com grande aterro na parte fronteira, sua fachada, com duas torres bem desenhadas e frontão composto por duas largas volutas é ornamentada com rocalhas e encimadas por pináculos. No centro do acrotério existe uma cruz da cantaria, ladeada por dois globos flamejantes. Este frontespício foi construído em 1810/16, sob risco do Aleijadinho. O mestre da obra foi Cláudio Pereira Viana, que não só executou este serviço, como também a escadaria e balaustrada do adro, entre 1818 e 1820. Toda fachada foi executada em taipa, tijolos e argamassa, inclusive os ornatos rococó.

O interior de igreja guarda seis altares laterais e o altar-mor.

A talha da capela-mor é, sem dúvida, um dos melhores exemplares de talha barroca D. João V no Brasil e representa uma exceção no desenvolvimento da arte da talha em Minas Gerais, pela sua monumentalidade e pelo inusitado das formas.

O primeiro altar à direita de quem entra é dedicado a Nossa Senhora do  Terço.O segundo é dedicado a Nosso Senhor dos Passos. O terceiro dedicado a São Miguel Arcanjo.

No primeiro altar do lado esquerdo existe uma imagem de Nossa Senhora da Piedade, com Cristo nos braços. . O segundo é dedicado ao descendimento do Senhor da Cruz. O terceiro dedicado à Imaculada Conceição.

No ano de 1786 a Irmandade do Santíssimo Sacramento, fabriqueira da Matriz, encomendou um órgão novo em Portugal, para substituir um pequeno órgão existente no coro da Matriz. Manoel Jorge Ribeiro fez a encomenda a seu irmão Domingos Jorge Ribeiro, que vivia no Porto e este adquiriu de Simão Fernandes Coutinho, a parte mecânica de um órgão médio, que chegou em agosto de 1788.

O entalhador Salvador de Oliveira foi contratado para desenhar a caixa do órgão e trabalhar na talha. A pintura e o douramento do órgão foram executados por Manoel Victor de Jesus em 1798.

Tiradentes MG 86

O forro da nave da igreja, de autor desconhecido, contituído por caixotões artesoados tem dezoito quadros com símbolos bíblicos cercados de folhagens e grotescos em outro. O assoalho da Matriz foi feito em óleo bálsamo em campas numeradas de 01 a 116. Nestas sepulturas estão enterradas pessoas de todas as classes sociais, desde nobres até escravos.

No adro existe um relógio de sol feito em pedra sabão em 1785, por Leandro Gonçalves Chaves. Numa das torres existe um outro relógio comprado em Portugal no ano de 1788. É famosa a prataria da igreja, mormente as sete lâmpadas e os tocheiros do altar-mor. A lâmpada grande foi executada  em 1740 no Rio de Janeiro e pesa 55 quilos e os tocheiros da banqueta também originários do Rio, datam de 1770/71

 

 

Tiradentes MG 82

 

 

 

Tiradentes MG 81

 

Tiradentes MG 87

 

* Consultas: Wikipédia e Tiradentes.net

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 706,007 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Passaram-se 11 anos, não parece muito, mas vários conterrâneos e amigos nas fotos que publico da festa do 17º aniversário da Casa de Macau de São Paulo em 2006, promovida em 29 de julho, não estão mais conosco. Ficaram os bons momentos registrados da boa confraternização. Vale um momento de reflexão para sempre procurarmos um […]

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

%d blogueiros gostam disto: