Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

A “Capela” na aula de gastronomia na Casa de Macau de S.Paulo com receita

Yolanda, à direita, fala sobre o preparo da Capela.

Yolanda, à direita, fala sobre o preparo da Capela.

A “capela” foi um dos pratos da culinária de Macau, objeto da aula de gastronomia macaense promovida pela Casa de Macau de São Paulo no domingo de 30 de agosto de 2015. Para o dia era anunciado que as aulas seriam ministradas pelas “Irmãs Luz”, Natércia e Yolanda, pois além da “Capela” também a confecção do prato “Brócolis com Carne ao Molho de Ostra” seria apresentada ao vivo com degustação no local.

Nesta postagem, falaremos sobre a “Capela” de autoria de Yolanda Luz Ramos, que, devido ao tempo para preparo, já foi trazido pronto de casa para degustação no almoço servido na sede da associação, logo após a aula. Yolanda, que considera o prato como seu favorito, fez uma exposição de como o preparou após apresentação feita pelo confrade representante em São Paulo da Confraria de Gastronomia Macaense com sede em Macau, Rolando Maria da Luz.

Casa Macau SP aula gastronomia de Yolanda 05

Capela, um prato da gastronomia macaense, de Macau

CAPELA À MODA DA YOLANDA

Um dos mais populares pratos da gastronomia Macaense, a Capela é na verdade um bolo de carne assada. Como tantas outras receitas de Macau, em que cada um tem a sua maneira de cozinhar, a diferença está nos ingredientes. A Capela é um bolo de carne incrementado com vários outros ingredientes, conforme o toque pessoal de cada um, que torna o prato exótico, como quase todos os pratos da rica cozinha Macaense. O nome, segundo várias versões ouvidas, deve-o à sua forma circular semelhante a uma coroa, que faz lembrar uma capela, ou ao facto de trazer uma espécie, de pequena capa (capela) formada pela crosta de queijo e farinha de rosca.

Ingredientes para 4 pessoas:

1/2 kg de carne moída de porco (ou de porco e vaca misturados)

1 linguiça ou chouriço defumado e bem picado

2 pacotes de queijo parmesão ralado (de preferência da marca ‘Faixa Azul’)

Azeitonas verdes picadas

l ou 2 pães amanhecidos

3 dentes de alho

l cebola média

3 ovos

Farinha de rosca (pó bolacho)

Modo de preparar:

Temperar a carne moída com sal e/ou o tempero da sua preferência. Acrescentar o chouriço picado e misturar bem. Reserve e deixe tomar gosto.

Levar um tacho de fundo largo ou ‘wok‘ ao lume com óleo e refogue rapidamente os alhos e a cebola picados. Diminuir o fogo no mínimo e acrescente a carne moída. Após misturar bem, desligue o fogo com a carne ainda crua.

Acrescentar os ingredientes a seguir, na seguinte ordem (uma coisa de cada vez, misturando bem):

  • Pão amanhecido, amolecido no água, espremido e amassado com garfo
  • Um pacote e mais um pouco de queijo ralado (pacotes de 50g)
  • Azeitonas picadas
  • 2 ovos ligeiramente batidos

Após misturar bem todos os ingredientes, colocar a carne num pirex ou forma redonda, apertando-a bem com uma colher, deixando um buraco no meio. Jogar por cima da carne o 3° ovo (bem batido) e deslize por toda a superfície com a costa de uma colher de sopa. Polvilhe por cima do ovo, uniformemente, o restante do queijo ralado, e por último a farinha de rosca, também espalhada uniformemente por toda a superfície (pode ser com a ajuda de uma peneira).

Levar ao forno previamente aquecido até a carne ficar cozida e a farinha de rosca tostada. Pode decorar a parte de cima com azeitonas e o chouriço em rodeias ou fatias de bacon.

Obs.: Se não gostar muito de queijo, pode usar somente um pacote em vez de dois (deixando sempre um pouco para a finalização do prato). Pessoalmente gosto de colocar muito queijo e azeitonas neste prato. (Yolanda Luz Ramos)

Foto abaixo: Rolando, ao lado de Yolanda e Natércia, faz apresentação dos pratos objetos da aula de gastronomia macaense. É representante por São Paulo da Confraria de Gastronomia Macau com sede em Macau:

Da direita: Yolanda, Rolando e Natércia

Da direita: Yolanda, Rolando e Natércia

Em seguida apresenta o prato previamente preparado por Yolanda:

O público da Casa de Macau de São Paulo:

Casa Macau SP aula gastronomia geral 02

Casa Macau SP aula gastronomia de Yolanda 06

Casa Macau SP aula gastronomia de Yolanda 04

  • Fotografia de/photos by Rogério P.D. Luz
Anúncios

Um comentário em “A “Capela” na aula de gastronomia na Casa de Macau de S.Paulo com receita

  1. Pingback: “Brócolis com carne ao molho de ostra” com receita na aula de gastronomia na Casa de Macau de S.Paulo | Crônicas Macaenses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 971.531 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Em Macau, a Procissão da Morte de Cristo é novamente realizada em 2019

Em Macau, a Procissão da Morte de Cristo é novamente realizada em 2019

PROCISSÃO DA MORTE DE CRISTO EM MACAU – 2019 Texto e fotos de Manuel V. Basílio (Macau) Integrado no programa religioso da Semana Santa, realizou-se na sexta-feira do passado dia 19 de Abril, a Procissão da Morte de Cristo, também designada por Procissão do Enterro do Senhor.  Naquele dia, o tempo estava instável, com períodos […]

O ‘Dia do Patuá’ festejado pela Comunidade Macaense dos EUA

O ‘Dia do Patuá’ festejado pela Comunidade Macaense dos EUA

‘A promoção do ‘Dia do Patuá’ é um esforço para preservar o dialecto na Comunidade Macaense da Califórnia, nos Estados Unidos da América do Norte’ é o que define Henrique Manhão da Casa de Macau dos EUA. Diz, conciliando com o pensamento de outros membros da comunidade presente, ‘enquanto houver apoio de Macau, o patuá não […]

Recordação de uma festa na Macau de 1953

Recordação de uma festa na Macau de 1953

Jorge Giga Robarts, macaense residente em Portugal, atendendo ao pedido de um conterrâneo, identifica as pessoas que estão numa fotografia enviada, informando ter sido tirada em Dezembro de 1953 em Macau. A 2ª imagem com legenda e que lista as pessoas da foto, foi editada para apenas mostrar o que escreveu quanto à identificação, excluindo […]

%d blogueiros gostam disto: