Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

A volta dos pescadores à praia de Itaguá em Ubatuba

Os barracões dos pescadores na praia de Itaguá em Ubatuba

Após pescaria com rede nas águas de Ubatuba, litoral norte de São Paulo, dois pescadores numa canoa retornam à sua base na praia de Itaguá localizada na zona urbana, trazendo a bordo peixes na maioria ‘parati’. Este é o tema do ensaio fotográfico que fiz no final de tarde de uma quarta-feira do inverno de 2017, no mês de agosto.

Essa praia é a base desses pescadores que utilizam canoas na pesca,  tendo lá barracões onde limpam os peixes e os comercializam. Percebi várias pessoas interessadas e pelo visto sabedores da rotina e as horas do seu retorno da pesca. Pelo horário pediam para retornar no dia seguinte para comprar os peixes já limpos.

As dependências de um barracão

Já os pescadores que utilizam barcos ficam numa região chamada de Barra dos Pescadores ou Ilha dos Pescadores, onde se situa o farol construído em sua homenagem. Isto é objeto de uma outra postagem.

A praia de Itaguá possui águas calmas e é dos lugares mais agradáveis de Ubatuba. Bem arborizada possui ciclovia com bom movimento o dia todo, mesmo no inverno. Pela sua extensa calçada beirando a orla marítima, também se vê pessoas fazendo caminhada ou correndo. A avenida beira-mar possui ótima infra-estrutura, com restaurantes, quiosques, shopping center, hotéis e serviços variados. Lá passei dois dias.

Fotografia e edição de/photos by Rogério P D Luz

 

Praia de Itaguá, Ubatuba SP

Há 10 anos atrás, em março de 2017

A última vez que visitei Ubatuba foi em março de 2017 e fiz as fotos abaixo no mesmo local.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 867.205 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de Macau de Todos os Tempos (01)

Nesta postagem do que poderia chamar de uma série “Memórias de Macau de Todos os Tempos”, remetendo-me a um vídeo que publiquei no YouTube (vide no final), publico umas fotos antigas recolhidas ao acaso do meu extenso acervo, ora já publicadas no site (inativo) do Projecto Memória Macaense, ou não, e também já republicadas por […]

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

Para celebrar o Ano Novo chinês de 2018, dando início ao Ano do Cão, a Casa de Macau de São Paulo reuniu a comunidade macaense e amigos para um almoço especial, recheado de boa comida chinesa de dar água na boca. Era a oportunidade para comer, infelizmente, uma vez ao ano, o chái, ou comida de […]

Uma foto, uma memória de 63 anos atrás em Macau

Uma foto, uma memória de 63 anos atrás em Macau

No almoço especial do Ano Novo chinês realizado na Casa de Macau de São Paulo em 18 de Fevereiro de 2018, o macaense José Noronha, 83 anos, andava a mostrar uma foto antiga para algumas pessoas que tinham mais ou menos a sua idade. Procurava ele matar as saudades dos velhos tempos em Macau. Macaense […]

%d blogueiros gostam disto: