Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

No final do Roteiro das Aldeias do Xisto e Históricas em Portugal, visita a Castelo Branco, Portas de Almourão e Portas do Ródão

Roteiro das Aldeias do Xisto e Históricas (em Portugal) – (Parte 8 de 8 – FIM)

Texto, fotografias e legendas por Jorge Basto (Portugal)

Preâmbulo:

As Aldeias do Xisto são um conjunto de 27 aldeias cujas construções são feitas de xisto, das quais as mais belas ficam na Serra de Lousã.

As Aldeias Históricas são um conjunto de 12 núcleos urbanos anteriores ao Reino de Portugal, na região das Beiras e de grande importância histórica.

Este roteiro que realizei em 8 dias faz uma passagem por essas Aldeias, bem como por outros locais que me interessaram pelo caminho.

O Roteiro pelas Aldeias do Xisto e Históricas, em 8 dias (mapa do Google)

Dia 8: Fundão-Lisboa

Neste último dia saímos de Fundão e visitamos Castelo Branco e 2 locais de rara beleza natural perto de Vila Velha do Ródão: as Portas de Almourão e as Portas do Ródão, terminando em Lisboa.

De Fundão a Lisboa, passando por Castelo Branco e Vila Velha do Ródão (mapa do Google).

1 – Castelo Branco

Uma das razões para visitar Castelo Branco são os Jardins do Antigo Palácio Episcopal.

Estes jardins foram criados no séc. XVII junto ao palácio do bispo, com a finalidade de servir de diversão e descanso para o bispo e a sua corte.

Ali dentro, no fim do Lago das Coroas, considerado um dos mais “únicos” da Europa, encontra-se uma escadaria monumental, com várias estátuas dos apóstolos, evangelistas e antigos reis de Portugal.

1.1 O jardim visto do exterior subindo pelo monte acima. Foto Jorge Basto

1.2 O patamar inferior. Foto Jorge Basto

1.3 Escadaria para o patamar intermédio. Foto Jorge Basto

1.4 O patamar intermédio. Foto Jorge Basto

1.5 Um conjunto de estátuas. Foto Jorge Basto

1.6 Um corredor com estátuas. Foto Jorge Basto

1.7 O Lago das Coroas (em reparação). Foto Jorge Basto

1.8 A escadaria para o patamar superior. Foto Jorge Basto

1.9 Vista do patamar intermédio. Foto Jorge Basto

1.10 A escadaria para a ponte de saída. Foto Jorge Basto

1.11 Vista do patamar inferior. Foto Jorge Basto

2 – Portas de Almourão

As Portas de Almourão, situadas  perto de Vila Velha de Ródão, constituem a uma impressionante garganta escavada pelo Rio Ocreza nos últimos dois milhões de anos, que divide a Serra das Talhadas em duas poderosas cristas quartzíticas.

A paisagem continua selvagem e é ornamentada pelas magníficas escarpas de quartzo, pelas imponentes dobras tectónicas e pelo profundo rasgão na paisagem do qual resulta o vale do Ocreza.

Estas fotos foram tiradas do miradouro, cujo acesso é fácil mas mal sinalizado.

2.1 O local do miradouro, mapa do Google

2.2 Vista panorâmica, do patamar superior. Foto Jorge Basto

2.3 Um «zoom in» para a garganta. Foto Jorge Basto

2.4 O Rio Ocreza, a montante. Foto Jorge Basto

2.5 O Rio Ocreza, a juzante. Foto Jorge Basto

2.6 Vista dum patamar inferior. Foto Jorge Basto

2.7 Um «zoom in». Foto Jorge Basto

2.8 O conjunto montanhoso das redondezas, em estado selvagem. Foto Jorge Basto

3 – As Portas do Ródão, uma das Maravilhas Naturais de Portugal, no Rio Tejo

Em Vila Velha do Ródão, a formação geológica das Portas do Ródão é um local abençoado pela natureza, de grande beleza, cuja formação está envolta numa antiga lenda, a do Rei Wamba (séc. VII).

Há um estreitamento do vale, que aqui corre entre duas paredes escarpadas, que atingem cerca de 170 m de altura, fazendo lembrar duas “portas”.

Na zona nidificam diversas espécies raras de aves, como o bufo real, o milhafre real, o abutre-preto, ou a cegonha negra, estando aqui presente a maior colónia de grifos do País. Há diversos cruzeiros diários para observar e que partem do cais.

3.1 As Portas do Ródão no Rio Tejo, mapa do Google

3.2 Na zona do cais, relaxante e oportuno para uma refeição ligeira. Foto Jorge Basto

3.3 A ponte rodoviária da EN18 vista do cais. Foto Jorge Basto

3.4 A ponte rodoviária, um bom local para admirar a paisagem. Foto Jorge Basto

3.5 A zona do cais, vista da ponte. Foto Jorge Basto

3.6 As Portas do Ródão, vistas da ponte. Foto Jorge Basto

3.7 Um «zoom in» desde a ponte. Do lado de lá, fica a zona de nidificação das aves. Foto Jorge Basto

3.8 Uma torre do castelo do Rei Wamba. Foto Jorge Basto

3.9 A linha férrea, vista do miradouro, que partindo de Lisboa, segue desde o Entroncamento junto à margem do Rio Tejo num percurso deslumbrante. Foto Jorge Basto

3.10 Um «zoom in» desde o miradouro. Foto Jorge Basto

FIM: regresso a Lisboa

Nota do editor: Encerrada esta série de Roteiro das Aldeias de Xisto e Históricas de Portugal, o blog Crónicas Macaenses agradece o contributo oferecido por Jorge Basto pelo material que proporcionou oito postagens. Muito obrigado Jorge.

Veja também 

Parte 1: Portugal maravilhoso: viagem às “Aldeias do Xisto e Históricas” num roteiro de 8 dias (1º dia)

https://cronicasmacaenses.com/2018/05/20/portugal-maravilhoso-viagem-as-aldeias-do-xisto-e-historicas-num-roteiro-de-8-dias-1o-dia/

Parte 2: No roteiro das Aldeias do Xisto e Históricas, em Portugal, Jorge Basto visita Gondramaz, Talasnal, Cerdeira e Lousã

https://cronicasmacaenses.com/2018/05/31/no-roteiro-das-aldeias-do-xisto-e-historicas-em-portugal-jorge-basto-visita-gondramaz-talasnal-cerdeira-e-lousa/

Parte 3 – Piódão, vencedora das 7 maravilhas de aldeias remotas de Portugal, é destaque no roteiro das Aldeias do Xisto e Históricas

https://cronicasmacaenses.com/2018/06/27/piodao-vencedora-das-7-maravilhas-de-aldeias-remotas-de-portugal-e-destaque-no-roteiro-das-aldeias-do-xisto-e-historicas/

Parte 4 – Na 4ª parte do roteiro das Aldeias do Xisto e Históricas, em Portugal, visita à Foz d´Égua, Poço da Broca, Praia da Loriga e Lagoa Comprida

https://cronicasmacaenses.com/2018/07/15/na-4a-parte-do-roteiro-das-aldeias-do-xisto-e-historicas-em-portugal-visita-a-foz-degua-poco-da-broca-praia-da-loriga-e-lagoa-comprida/

Parte 5 – Castelo Rodrigo, vencedor de concurso em Aldeias Autênticas, Dólmen de Matança, Necrópole das Forcadas, Trancoso, Marialva estão no 5º roteiro de Aldeias de Xisto e Históricas de Portugal

https://cronicasmacaenses.com/2018/08/15/castelo-rodrigo-vencedor-de-concurso-em-aldeias-autenticas-dolmen-de-matanca-necropole-das-forcadas-trancoso-marialva-estao-no-5o-roteiro-de-aldeias-de-xisto-e-historicas-de-portugal/

Parte 6 – Belmonte, a terra de Pedro Álvares Cabral, está na 6ª parte do Roteiro das Aldeias de Xisto e Históricas

https://cronicasmacaenses.com/2018/09/27/belmonte-a-terra-de-pedro-alvares-cabral-esta-na-6a-parte-do-roteiro-das-aldeias-de-xisto-e-historicas/

Parte 7 – No 7º Roteiro de Aldeias do Xisto e Históricas de Portugal, em destaque Monsanto e Sortelha

https://cronicasmacaenses.com/2018/10/13/no-7o-roteiro-de-aldeias-do-xisto-e-historicas-de-portugal-em-destaque-monsanto-e-sortelha

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.207.121 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]

Jantar de Boas-Vindas e Sessão de Abertura e do Encontro das Comunidades Macaenses–Macau 2019

Jantar de Boas-Vindas e Sessão de Abertura e do Encontro das Comunidades Macaenses–Macau 2019

A Sessão Solene de Abertura e Jantar de Boas Vindas do Encontro das Comunidades Macaenses – Macau 2019, oferecida pelo Governo da RAEM, foi realizada em 24 de Novembro de 2019 no Hotel Sheraton Grand Macao, Cotai Central, na Ilha da Taipa de Macau O Chefe do Executivo, Fernando Chui Sai On, cujo mandato se […]

%d blogueiros gostam disto: